Foto: Wagner Giannella

A Oi apresentou nesta segunda-feira (22), no prédio que abriga o instituto de responsabilidade social Oi Futuro, no Flamengo, zona sul do Rio de Janeiro, seus projetos no esporte para 2018. Além de renovar o patrocínio aos melhores surfistas do país, a marca ainda adicionou ao seu portfólio dois dos melhores skatistas nacionais. Ou seja, é um olho agora e outro daqui dois anos e meio, quando o surfe e o skate farão suas estreias nos Jogos Olímpicos.

Entre os surfistas, tiveram seus contratos renovados os dois campeões mundiais, Gabriel Medina (2014) e Adriano de Souza (2015), além de Ítalo Ferreira, Filipe Toledo e Silvana Lima. No skate, a Oi anunciou parcerias com o hexacampeão mundial Pedro Barros e a sete vezes medalhista dos X-Games Letícia Bufoni.

“A Oi tem o esporte no DNA. Apoiamos especialmente aqueles que envolvem todo mundo, que a sociedade está presente, envolvida, e que tenham a capacidade de transmitir transformação social, pois o esporte é educação, disciplina e crescimento”, disse Eurico Telles, presidente da Oi, na abertura da coletiva de imprensa.

A Oi toma decisões no presente, mas de olho no futuro. Um futuro que passa cada vez mais pelo mundo digital. Patrocinadora de Medina e Mineirinho nos títulos mundiais de ambos, a marca garantiu uma visibilidade estrondosa com o crescimento do surfe no país após as duas conquistas.

“O surfe é um esporte que não para de crescer no gosto do público brasileiro. O engajamento nas etapas da WSL (World Surf League) só perde para NBA e NFL em todo o mundo. E, nesse engajamento, é o brasileiro que se destaca”, afirmou Bruno Cremona, gerente de patrocínios e eventos da Oi.

Foto: Wagner Giannella

Agora, com o surfe consolidado, a ideia é fazer o mesmo com o skate, investindo, inclusive, na base. A Oi patrocina uma série de eventos do esporte há vários anos, mas enxerga na parceria com Pedro Barros e Letícia Bufoni a oportunidade de aliar o skate a dois influenciadores digitais que servirão como embaixadores da marca e do esporte.

“Considero o skate um estilo de vida e um dos esportes mais completos que existem, porque une, além do esporte, outros elementos urbanos essenciais, como arte, música e cultura”, completou Cremona, em conversa com a Máquina do Esporte.

Os valores das renovações e das novas parcerias não foram divulgados. Em relação à duração, a Oi garantiu que apoiará todos os seus atletas pelo menos até o final dos Jogos Olímpicos de 2020. Por acreditar que os dois esportes trarão medalhas para o país, a marca aposta em um aumento de visibilidade positiva com o sucesso. Tudo que um patrocinador sonha.

*O jornalista viajou a convite da Oi.


Notícia skate surfe Pedro Barros Letícia Bufoni Gabriel Medina Adriano de Souza Oi Tóquio 2020 Jogos Olímpicos