Corinthians venceu Boca Juniors por 2 a 0 na decisão da Libertadores

Corinthians venceu Boca Juniors por 2 a 0 na decisão da Libertadores

A conquista inédita da Copa Santander Libertadores e a consequente presença no Mundial de Clubes da Fifa em dezembro deverá fazer com que o Corinthians tenha um aumento de R$ 50 milhões em seu caixa até o final do ano. Essa pelo menos é a previsão feita por Luis Paulo Rosenberg, vice-presidente do clube paulista.

Em entrevista ao programa Máquina do Esporte na Rádio Bradesco Esportes FM na última segunda-feira, Rosenberg projetou que, só com a venda de pacotes oficiais para os jogos do Mundial o clube pode embolsar R$ 10 milhões. O cálculo dos R$ 50 mi envolve ainda a venda de produtos licenciados, a renegociação de patrocínios e, também, as premiações por conta da disputa da competição da Fifa.

"Se vendermos dez mil pacotes de viagem para o Japão já teremos dez milhões de reais a mais. O que está tendo de venda nas lojas é algo que não víamos fazia tempo. A minha condição de negociação de patrocínio da camisa, alavanca, assim como o meu diálogo com a Nike. É uma mudança gigantesca. Dá para pensar conservadoramente em 50 milhões a mais para o Corinthians", afirmou o dirigente.

Rosenberg revelou, ainda, que conversa com Iveco, Marabraz e Bombril, que patrocinaram o clube na final da Libertadores, para que as marcas continuem. O dirigente, porém, não tem pressa para assinar um eventual novo contrato. A ideia é aproveitar o bom momento para faturar mais.

"O Corinthians obviamente não tinha interesse, desde o jogo contra o Vasco [pelas quartas-de-final da Libertadores]. Valeu a pena a espera, teve jogo em que faturamos dois milhões de reais só no patrocínio. No final do ano pode ter certeza que teremos o maior faturamento com patrocínio no Brasil", disse.

O objetivo do Corinthians, agora, é fazer com que o patrocinador tenha um contrato mais longo, com duração até a Copa do Mundo de 2014.

"Para o próximo patrocínio queremos um contrato até a Copa do Mundo. E naquele período em que estivermos em recesso por conta da Copa, vamos sentar com calma e negociar um novo contrato. Mas daqui até lá eu não quero ter de pensar nesse assunto", afirmou o dirigente.


Notícia Corinthians Copa Libertadores Gestão Copa 2014

Número do dia

10 milhões

de reais espera faturar o São Paulo com o aluguel do estádio do Morumbi para shows musicais no segundo semestre deste ano.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Adidas supera Jordan e persegue Nike em vendas de tênis nos EUA
2Relatório: Quase metade das franquias da NBA perde dinheiro
3Neymar vende 4 mil camisas por dia desde que chegou ao PSG
4Análise: PSG não conseguirá mensurar sucesso de Neymar
5COB apresenta Peak, que premiará atletas com medalhas
6Máquina promove "Café com Medalha" na Bahia
7Fluminense celebra números em série de ações nas redes
8Trio Alimentos fecha com principal prova de ciclismo da América Latina em SP
9Nike lança novas camisas da NBA e inova com aplicativo conectado
10Dallas Cowboys, da NFL, é a equipe esportiva mais valiosa do mundo