O Corinthians oficializou nesta terça-feira o patrocínio da escola de idiomas Minds, que acertou uma parceria com o clube até o início de 2018. Além do aporte, a direção corintiana apresentou a nova propriedade no uniforme, que será usada pela companhia.

Trata-se da barra da manga da camisa. Teoricamente, a manga do uniforme seria a segunda propriedade mais valiosa do uniforme do clube paulista. No entanto, com o novo espaço reduzido, a Minds terá um aporte estimado em menos de R$ 2 milhões por temporada.

Além da exposição, a Minds terá espaço nas redes sociais do clube e um pacote de ativação para chegar diretamente a torcedores e a membros da equipe paulista. Ainda serão apresentadas promoções que envolvem funcionários, jogadores e membros do programa de sócio-torcedor.

Esse será o primeiro de três patrocínios que o clube pretende apresentar neste início de ano. O executivo envolvido nas negociações, no entanto, não deverá concluí-las. Gustavo Herbetta, gerente de marketing do time, pediu demissão para assumir uma agência do Grupo Publicis.

Apesar dos novos parceiros, o time deverá ter baixas entre seus patrocinadores. A Special Dogs não renovou com o time e a TIM também não deverá permanecer. Por outro lado, os dois maiores aportes permanecerão: a Caixa e a Apollo Sports Capital. 

Com a Minds, o Corinthians volta a ter parceira com uma escola de idiomas na manga do uniforme. A última empresa no local foi a Fisk, mas com um contrato que abrangia toda a área da camisa e com valores mais robustos. 


Notícia Corinthians Minds