A International Champions Cup, competição amistosa de pré-temporada europeia, aboliu de vez a participação de equipes de fora do Velho Continente em sua edição de 2018.

Foto: Reprodução

Patrocinado pela Heineken, o torneio será disputado em 20 cidades diferentes, sendo 11 dos Estados Unidos, oito da Europa e Cingapura, que é a grande novidade do giro.

O torneio, que foi criado em 2013 como uma espécie de miniLiga dos Campeões da Uefa, tinha o patrocínio da cerveja Guiness até 2016, quando a Heineken assumiu a cota principal. 

A edição de 2018 contará com 18 clubes entre os maiores da Europa. Da Espanha, estarão Real Madrid, Barcelona, Atlético de Madrid e Sevilla. Os clubes ingleses serão Manchester United, Manchester City, Tottenham, Liverpool, Chelsea e Arsenal. Já os alemães, Dortmund e Bayern de Munique. Os italianos, Milan, Juventus, Inter e Roma. Além de PSG (França) e Benfica (Portugal). 

A escolha dos times não foi em vão. São 278 títulos nacionais somados. Além disso, esses são os clubes com maior projeto de internacionalização de marca atualmente na Europa.

Arsenal, Atlético de Madrid e PSG são os três clubes que jogarão em Cingapura. O Chelsea é o único que não deixará a Europa, enquanto os demais estarão nos Estados Unidos. 

No Brasil, a competição, que acontecerá após a Copa do Mundo, será transmitida pelo Esporte Interativo, detentor exclusivo dos direitos. 

Além disso, a Relevent, organizadora do torneio, anunciou um quadrangular feminino, que será nos EUA e terá a presença de PSG, Manchester City, North Carolina Courage e mais um clube.


Notícia International Champions Cup Heineken Europa Estados Unidos Cingapura Esporte Interativo