Foto: Divulgação

A casa de apostas on-line Bodog é o novo patrocinador máster da Copa do Brasil. Os valores da parceria não foram divulgados, mas o site britânico PR Newswire especula que as cifras alcançam sete dígitos. O Blog do Marcel Rizzo, no Uol, fala em 1 milhão de dólares.

Apesar de já ter patrocinado clubes importantes que disputam a Premier League, como Arsenal e West Bromwich, o Bodog fará na Copa do Brasil seu primeiro grande investimento no mercado esportivo brasileiro. A marca da empresa ficará estampada em placas de publicidade no gramado e também nos banners do torneio.

“Não há dúvida de que o mercado brasileiro é o próximo grande passo em nossa indústria, e queremos lançar nossa marca na região com um espetáculo grandioso. Assim, rapidamente identificamos a Copa do Brasil como o veículo perfeito”, destacou o porta-voz do Bodog, Ed Pownall.

“Tornar-se um patrocinador máster da Copa Continental do Brasil abre para o Bodog uma audiência enorme e relevante na região. Estamos entusiasmados por ter a oportunidade de trabalhar com uma marca tão criativa e ousada como o Bodog”, afirmou Sergio Campos, sócio-diretor da Klefer, detentora dos direitos comerciais da Copa do Brasil.

Fundado em 1994 e com sede nas Filipinas, o Bodog chegou ao Brasil em abril do ano passado. À época, a empresa, já popular e com nome estabelecido na Europa, passou a estar disponível para jogadores de pôquer da América Latina, incluindo do Brasil. O Bodog, aliás, se autointitula “o lugar mais justo para se jogar pôquer on-line”.

O contrato fechado com a Copa do Brasil deixa o Bodog em pé de igualdade com a outra cota máster, ocupada pela Elo. A competição ainda tem o aporte de Sicredi, Icatu Seguros, Wise Up, Quartzolit, Bivik Jeans, Potencial, Maratá e Pitú. Os naming rights do torneio são da fabricante de pneus Continental.


Notícia Bodog Copa do Brasil marca apostas on-line patrocínio máster Continental

Número do dia

900 milhões

de euros deve faturar o Barcelona neste ano, um incremento de 40% em relação à temporada passada; meta é de chegar a 1 bilhão em 2021.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Patrocínio da Petrobras é destaque em lançamento de novo carro da McLaren
2Centauro patrocina amistoso do Barcelona em Pernambuco
3Band abre mão de Copa, que só terá Globo na TV aberta
4Osasuna fecha com Hummel e é mais um a substituir Adidas
5Sem Rio Open, Asics recorre a emboscada no evento
6Santos faz ação inteligente e usa Dodô errado para anunciar Dodô certo
7Copa do Nordeste é primeiro torneio do continente a ter produtos licenciados
8Alfa Romeo Sauber acerta patrocínio da Claro na F1
9Empresa de bebidas energéticas pode comprar Force India, da F1
10LaLiga inova e anuncia patrocínio à equipe Renault na F1