Paraguaio Alejandro Domínguez é presidente da Conmebol desde janeiro de 2016.

Foto: Reprodução / Twitter (@CONMEBOL)

Em uma reunião realizada em Bogotá, na Colômbia, nesta quarta-feira (27), a Conmebol anunciou que, por unanimidade, o consórcio formado pelas empresas IMG & Perform venceu o processo de licitação promovido pela entidade para comercialização de torneio de clubes entre 2019 e 2022.

Dessa forma, a IMG & Perform será a responsável pela venda e pelo pós-venda de todos os ativos comerciais dos torneios organizados pela entidade sul-americana (Copa Libertadores da América, Copa Sul-americana e Recopa Sul-americana, entre outros). O valor mínimo garantido é de 1,4 bilhão de dólares.

“Tenho o prazer de anunciar que, como resultado de um processo profissional, com regras claras e múltiplas salvaguardas para garantir sua integridade, bem como a concorrência entre uma série de licitantes, a Conmebol aceitou hoje uma oferta por um mínimo garantido de 1,4 bilhão de dólares para o marketing, entre 2019 e 2022, dos direitos correspondentes aos torneios de clubes continentais”, explicou o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez.

Desde 18 de agosto, dez empresas lutavam para vencer a licitação, cujo processo havia sido aberto em 21 de julho. De acordo com o site da entidade, “o processo de licitação tinha um esquema competitivo, entre uma pluralidade de licitantes, com base em critérios de seleção técnica objetivos e pré-estabelecidos”.

O acerto com a IMG & Perform é mais uma das tentativas de Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol desde janeiro de 2016, de profissionalizar e tornar transparente o futebol sul-americano. Para a escolha do consórcio, houve aconselhamento jurídico da Brigard Urrutia, auditoria externa da Ernst & Young, além de um parecer técnico da consultoria McKinsey & Company.

Segundo o site da Conmebol, a intenção é “melhorar a qualidade e a organização dos torneios continentais de clubes, com o objetivo estratégico de gerar e reinvestir mais valor em seu desenvolvimento integral e aumentar sua competitividade esportiva e econômica em relação a outras regiões”.

“Este contrato representa um enorme avanço em direção ao nosso objetivo estratégico de gerar mais valor para o desenvolvimento e crescimento do futebol sul-americano. Nós pensamos grande, fizemos as coisas de forma correta, e hoje conseguimos um ótimo resultado, já que o mínimo garantido representa mais do que o dobro do rendimento do ciclo comercial anterior. O consórcio vencedor, que também trabalha com La Liga (campeonato espanhol), Premier League (campeonato inglês), NASCAR e NBA, entre outros, tem a capacidade comprovada de otimizar a receita gerada pelos torneios de clubes, que são os mais excitantes do mundo”, concluiu Domínguez.


Notícia Conmebol IMG Perform torneios clubes sul-americanos Alejandro Domínguez consórcio licitação

Número do dia

9 milhões

de reais é o valor estimado dos aparelhos de ginástica que foram instalados no Parque Olímpico e serão usados por atletas profissionais.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Por reputação mundial, Petrobras retorna à F1 com a McLaren
2Bayern de Munique substitui parceria com Lufthansa por Qatar Airways
3Brasil Open fecha com quatro emissoras
4Análise: Neymar não precisava de acordo com a Globo
5Cruzeiro resgata apelido e faz campanha por Libertadores
6Jogos de Inverno terão maior transmissão da história no Brasil
7Fundo chinês assume controle do grupo multimídia Mediapro
8Santos refaz acordo com Umbro, que vestirá clube até 2020
9Rede de fast-food argentina fecha com AFA para Copa do Mundo
10SporTV e Samsung fazem parceria e terão aplicativo em 4K para Copa 2018