Uma das maiores operadoras de TV a cabo dos EUA, a Comcast oficializou nesta quarta-feira (25) uma proposta de 22 bilhões de libras (quase US$ 30,7 bilhões) para comprar a Sky. A oferta supera a feita pela Fox e inicia mais um duelo de gigantes na indústria televisiva mundial.

De acordo com a imprensa americana, a proposta feita pela Comcast é de US$ 17,50 por ação da Sky. O valor pressiona a Fox, que já tem 39% de participação na Sky e que havia ofertado US$ 15 por ação.

Foto: Reprodução

Segundo a agência de notícias Reuters, assim que ficou sabendo da proposta da Comcast, a Fox está deliberando internamente para decidir o que fazer na sequência do “embate”.

A Sky é uma produtora e distribuidora de conteúdo audiovisual sediada em Londres que possui uma receita anual de pouco mais de US$ 18 bilhões. O objetivo da Comcast com a possível compra é ganhar força e ampliar sua difusão de conteúdo na Europa, já que, nos EUA, a multinacional já é uma das maiores, tendo em seu portfólio empresas como NBC Universal, Estúdios Universal e DreamWorks, e um faturamento anual de cerca de US$ 85 bilhões.

“Achamos que a Sky é uma empresa de destaque. Tem 23 milhões de clientes e posições de liderança no Reino Unido, Itália e Alemanha. Além disso, tem sido uma inovadora consistente no uso da tecnologia para oferecer uma experiência fantástica de visualização e tem um histórico de investimento em notícias e programação. Ainda tem ótimas pessoas e uma equipe de gerenciamento muito forte e capaz”, afirmou o presidente e CEO da Comcast, Brian Roberts.

O próprio Roberts revelou que, caso consiga efetuar a compra, a Sky fará com que as receitas internacionais da Comcast passem de 9% para 25% do total de receitas da multinacional.

Um ponto a favor da Fox, no entanto, é o fato da Sky ser presidida por James Murdoch, filho de Rupert Murdoch, dono da Fox. James, inclusive, também atua como CEO da Fox. Com tantos interesses envolvidos, a Sky já divulgou ter formado um comitê independente para analisar as duas propostas.

Vale lembrar que, em dezembro do ano passado, a Fox vendeu parte de suas propriedades, incluindo sua participação na Sky, para a The Walt Disney Company em um negócio fechado por US$ 52,4 bilhões.

Seja quem for que conseguir efetuar a compra, terá direito a uma grande variedade de plataformas esportivas da Sky, já que trata-se de uma das maiores emissoras de esportes da Europa. A Sky é, por exemplo, a principal detentora de direitos da Premier League no Reino Unido.


Notícia Comcast Fox Sky Disney compra proposta oferta TV a cabo