Foto: Reprodução / Twitter (@basquetebrasil)

A Motorola decidiu retomar o foco que sempre teve no esporte e usará 2018 para isso. O motivo é enxergar o esporte como parte da vida dos brasileiros, seja pela paixão por times e atletas, seja por conta da prática de atividades físicas em busca de saúde e bem-estar. Dessa forma, o investimento em várias ações ligadas a futebol e basquete, entre outras modalidades, fará parte do calendário da marca durante todo o ano.

De acordo com a Motorola, os principais aportes são o Museu do Futebol (instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, que realizará exposições itinerantes pelo Brasil), a Confederação Brasileira de Basquete (CBB), incluindo a nova modalidade olímpica 3x3, e três institutos (Superação / Esporte & Educação / Barrichello).

O Projeto Verão Espetacular, da TV Globo, que inclui diversas modalidades como surfe, skate, ciclismo, triatlo, motocross e futsal, entre outros, teve o patrocínio da marca neste ano e a parceria deve continuar para 2019.

"A Motorola concorda que o esporte é democrático e tem o poder de conectar as pessoas, assim como a marca. Por isso, neste ano, a empresa decidiu ampliar sua atuação no segmento, com a renovação de parcerias, investimentos em novos patrocínios e ações, e apoio a institutos que têm um importante papel social ligado ao esporte", explicou Bruno Couto, head de marketing da Motorola no Brasil.

No Museu do Futebol, o principal apoio da marca será ao disponibilizar aparelhos da família Moto Z e alguns dos Moto Snaps, como a Câmera 360, o Insta-Share Projector e o Gamepad. A intenção é aumentar a interação do público com o espaço cultural.

No basquete, a Motorola é patrocinadora oficial da seleção brasileira masculina desde agosto do ano passado e das seleções masculina e feminina da modalidade 3x3, que vai estrear nos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020. A marca da empresa será vista nas quadras, backdrops, materiais de comunicação dos jogos e também nos uniformes dos atletas.

Com relação aos institutos, o objetivo é ajudar no desenvolvimento social e cultural de crianças e adolescentes por meio do esporte. O Instituto Superação tem como foco o basquete, enquanto o Instituto Esporte & Educação, da ex-jogadora e medalhista olímpica de vôlei Ana Moser, tem um trabalho voltado para cidadania e integração comunitária.

Por último, o Instituto Barrichello, criado pelo ex-piloto de Fórmula 1 e atual piloto da Stock Car Rubens Barrichello, oferece à população idosa de baixa renda uma oportunidade de prática regular e sistematizada de atividades físicas, motoras e cognitivas, com o intuito de proporcionar desenvolvimento integral e manutenção da independência física dos alunos.


Notícia Motorola basquete futebol Museu do Futebol Instituto Superação Instituto Barrichello Instituto Esporte & Educação CBB