Chevrolet tinha o title sponsor do Brasileirão até 2016

Quem foi aos jogos da primeira rodada do Brasileirão notou a ausência da Chevrolet em placas e faixas no meio do gramado. A montadora deixou de ser a detentora do title sponsor da competição.

A informação foi publicada pelo Blog do Ohata, no UOL Esporte. O espaço, que era ocupado desde 2014, por ora, não tem sucessor.

Com a não renovação do acordo, a Chevrolet também deixou de ser uma das patrocinadoras principais da CBF. Permanecem nesse grupo Nike, Itaú, Vivo e Guaraná Antarctica. A decisão acontece dois meses depois de a seleção brasileira garantir classificação para a Copa do Mundo da Rússia 2018.

A relação da Chevrolet com o atual presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, teve início quando o dirigente ainda era mandatário da Federação Paulista de Futebol, patrocinada pela empresa. Quando Del Nero passou a ocupar a vice-presidência da CBF, a montadora passou a apoiar as federações pelo país. Entre 2013 e 2014, chegou a ser o title sponsor de 22 estaduais.

Em 2014, Del Nero foi eleito presidente da CBF, com 44 dos 47 votos. Participaram o pleito as 27 federações estaduais e os 20 clubes da Série A. A CPI do Futebol, no Senado, suspeitou que os contratos da Chevrolet teriam beneficiado a eleição de Del Nero.

Backdrop da Chevrolet em coletiva do técnico Tite

Com o dirigente no cargo, a montadora mudou de estratégia, passando a patrocinar a CBF, a seleção brasileira e adquiriu o title sponsor do Brasileirão no lugar da Petrobras. Em seguida, deixou os estaduais. A confederação, por outro lado, rompeu anos de parceria com a Volkswagen.

Questionada pela Máquina do Esporte sobre sua saída do futebol, a Chevrolet enviou um comunicado, feito de maneira conjunta com a CBF, explicando a decisão.

“A Chevrolet e a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) comunicam o encerramento do contrato de patrocínio da seleção brasileira e do Campeonato Brasileiro de futebol. Esta parceria de sucesso começou em 2014. A Chevrolet acreditou na seleção e no trabalho realizado pela CBF de reconstrução da credibilidade do futebol nacional. Os resultados foram muito positivos, culminando com a classificação da seleção brasileira para a Copa do Mundo de 2018 na Rússia. Missão cumprida, este ciclo se encerra com a necessidade da Chevrolet de readequar seus investimentos de marketing diante do cenário desafiador que vive a indústria automotiva no país.” 


Notícia CBF Chevrolet Seleção Brasileira Campeonato Brasileiro Patrocínio Title Sponsor

Número do dia

R$ 510 mi

Foi a arrecadação do Flamengo em 2016; cerca de 60% desse valor foi com verba de televisão (R$ 297 milhões)

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Flamengo e NBS refutam indicação do Conar
2Em parceria com Guarulhos, Corinthians anuncia time masculino de vôlei
3Conar suspende campanha de sócios do Flamengo
4Athletic Bilbao troca Nike por New Balance
5Globo celebra números recordes do Cartola FC
6Com Djokovic, Lacoste volta a ter presença no tênis
7Análise: Ainda é preciso abrir a caixa preta do futebol
8Polícia prende dirigente na Espanha e investigação ameaça Ricardo Teixeira
9COI admite conceder sedes de 2024 e 2028 a Paris e Los Angeles
10Pepsi anuncia show do Black Eyed Peas na Liga dos Campeões