Foto: Divulgação / Bundesliga

A Bundesliga passará a vender anúncio virtual em placas de publicidade a partir da temporada 2018/2019. A medida também será válida para a Bundesliga 2. O objetivo da DFL, entidade que organiza os torneios, é criar novas oportunidades de marketing internacional para os 36 clubes que disputam as duas competições.

“Os espectadores e telespectadores em países de língua alemã não perceberão nenhuma alteração, mas as placas de publicidade física existentes poderão ser alteradas individualmente no futuro através da sobreposição digital do sinal de transmissão”, afirmou a DFL, em comunicado.

A nova ideia será possível graças a uma aliança com a agência global de marketing e entretenimento esportivo Lagardère Sports e a Supponor, que será responsável pelo fornecimento da tecnologia. O sistema da Supponor permite que placas de publicidade de LED sejam sobrepostas digitalmente com alta qualidade.

Os testes com a Sportcast, provedora de serviços de mídia televisiva da DFL, já começaram. A principal questão é verificar se as integrações técnicas das imagens sobrepostas nas placas serão vistas normalmente por quem estiver no estádio ou vendo o jogo pela televisão.

Quando os testes terminarem, a DFL fará uma espécie de oficina com os 36 clubes para informar sobre o potencial de alcance do uso da publicidade virtual e as condições exatas em que cada um poderá usar o sistema, que já foi usado pela DFL durante a disputa da Telekom Cup, a Copa da Alemanha, em 2015.

Por último, o plano será, então, emitir uma diretriz em conjunto com os clubes, a fim de assegurar a máxima segurança no processo de uso da nova tecnologia. A iniciativa, então, passaria a ser aplicada pelos clubes em projetos internacionais.

No anúncio à imprensa, a Bundesliga não especificou quem poderia vender a publicidade estática virtual. No Brasil, a ESPN e a Fox são as detentoras dos direitos de transmissão do torneio.

O uso de software para exibir propagandas distintas daquelas que estão no estádio não é novidade dos alemães. Em 2013, pouco antes da Copa das Confederações, a Globo chegou a tentar usar esse recurso em exibição de amistoso da seleção brasileira contra a França, na Arena do Grêmio. O sistema, porém, apresentou falhas, que foram flagradas por torcedores pela TV.


Notícia Bundesliga Lagardère Sports Supponor publicidade marketing placas DFL Sportcast