Detentora do title sponsor da Copa Libertadores desde 2013, a Bridgestone resolveu este ano apostar na criação de branded content e uso influenciadores para atingir os consumidores.    

Agora, no início das duas finais da competição, a empresa comemora o resultado das ações.

A parceria com o "Desimpedidos", que já produziu sete vídeos e ainda fará a cobertura das decisões para a marca renderam quase 5 milhões de visualizações e, também, ampliou o alcance dos canais digitais da Bridgestone. Os perfis da marca tiveram incremento de seguidores e fãs nas grandes redes sociais: Twitter, Facebook e Instagram.

"Conseguimos trazer grande exposição para a nossa marca usando uma linguagem diferente, mais atual e atraente para a reter a atenção do espectador. Isso se refletiu na ampliação do número de pessoas com quem conseguimos falar", diz Bruno Ranieri, coordenador de marketing da Bridgestone no Brasil e responsável pelas ativações de patrocínio da Libertadores.

O conteúdo diferenciado feito pela marca ajudou no engajamento de pessoas. Ao ativar a marca como patrocinadora do torneio, a empresa conseguiu os melhores resultados de publicações no Instagram. Um dos vídeos conta com mais de 2 mil visualizações e quase 2 mil curtidas de forma orgânica.

"Como a Libertadores foi mais longa este ano, pudemos fazer ativações planejadas ao longo da temporada. Isso ajudou a ter um alcance maior das ações", complementa Bruno Ranieri.

O início das ativações com branded content foi nas oitavas-de-final. Com a classificação do Grêmio à final, a empresa contará com a parceria com o canal para realizar a cobertura dos dois jogos mostrando ao público toda a emoção do torneio de forma mais descontraída.


Notícia Bridgestone Libertadores Ativação

Número do dia

350 mil

euros deve receber cada jogador da Alemanha por uma eventual conquista da Copa do Mundo de 2018, disse a federação alemã.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Fifa ameaça tirar a Espanha da Copa do Mundo de 2018
2Bundesliga cria regra, e clubes terão funcionários dedicados aos torcedores
3Disney compra parte da Fox em transação bilionária e cresce no esporte
4Globo bate recorde de audiência no RJ com o Flamengo
5Corinthians amplia contrato com a Nike até 2029
6Análise: Fox decide abrir mão de briga do streaming
7TOP 10 – Os dez clubes de maior destaque na última década
8Arena de Pernambuco será palco do primeiro jogo do Barcelona no Brasil
9Puma vibra com conquista do Independiente na Sul-Americana
10Estados Unidos querem ser sede permanente de Copa América