O Barcelona decidiu assumir o controle dos próprios direitos de varejo, licenciamento e merchandising. O contrato com a FCBMerchandising, empresa de propriedade da Nike que administra tais direitos do clube há 16 anos, termina em 1o de julho e não será renovado.

Foto: Reprodução

No lugar da empresa da Nike, o clube catalão criou o Barça Licensing and Merchandising (BLM), que pertence 100% ao próprio time e já vai assumir a partir do mês que vem.

Em nota, o Barcelona afirmou que a troca se deve a vários objetivos a serem alcançados, entre eles “maior lucratividade econômica, controle direto da marca, a possibilidade de oferecer aos nossos fãs uma experiência 100% Barça e um impulso à inovação e novas tecnologias”.

De acordo com o clube, o atual negócio de merchandising do Barça possui três lojas próprias, 15 lojas licenciadas, 328 titulares de licença e mais de 250 funcionários. Ao todo, são mais de 7 mil produtos que contribuem para um faturamento anual de cerca de 65 milhões de euros.


Notícia Barcelona varejo marketing licenciamento merchandising mercado gestão controle