O Barcelona vai abrir ao menos cinco parques temáticos para expandir sua marca pelo mundo. As regiões escolhidas foram os EUA e Ásia, consideradas estratégicas para o objetivo de possibilitar experiências interativas dos fãs com o clube. A ideia é que as inaugurações ocorram em 2020.

De acordo com a imprensa espanhola, tudo começou em outubro do ano passado, quando o Barça assinou um contrato de cinco anos com a empresa especializada em parques temáticos Parques Reunidos. Desde então, a companhia procura locais para instalar os parques do clube espanhol.

Foto: Reprodução / Site (fcbarcelona.com)

Cada um deverá estar localizado em espaços de 3 mil a 10 mil metros quadrados, sempre dentro de shopping centers ou estabelecimentos comerciais no centro de cidades que tenham grande tráfego de pedestres. Os parques contarão com experiências baseadas na história, nos valores, jogadores, títulos e momentos memoráveis do clube catalão.

“O acordo com a Parques Reunidos nos ajudará a projetar nossa imagem em territórios estratégicos como os Estados Unidos e países asiáticos, oferecendo aos nossos torcedores 100% de experiência do Barça e, ao mesmo tempo, gerando uma importante fonte de renda. Eles são uma empresa líder em seu setor, conforme mostrado por como trabalharam com a Nickelodeon e a Lionsgate em parques de entretenimento indoor como os que o Barça terá. Isso significa que poderemos continuar definindo novas tendências no setor de entretenimento”, afirmou Manel Arroyo, vice-presidente e chefe de marketing e comunicação do Barcelona.

“Esta parceria com o FC Barcelona representa um marco importante para a política de crescimento da Parques Reunidos. Nestes centros, a Parques Reunidos será a primeira empresa a oferecer, de mãos dadas com uma das melhores equipes do mundo, uma experiência desportiva e de lazer inovadora e emocionante para os amantes do futebol na Ásia e nos Estados Unidos”, concluiu Fernando Eiroa, conselheiro delegado da Parques Reunidos.

Os clubes europeus têm se mostrado cada vez mais interessados no mercado asiático como forma de internacionalizar suas marcas. Clubes como Real Madrid e Paris Saint-Germain já possuem escritórios e anunciaram novidades parecidas no continente.


Notícia Barcelona Parques Reunidos parques experiência estratégia mercado asiático marca internacionalizar