O Atlético Mineiro é o primeiro clube do Brasil a se unir com um instituto de pesquisa para mapear os hábitos de consumo de seus torcedores e, com isso, passar a abordar o mercado com soluções de negócios.

O clube mineiro anunciou uma parceria com o instituto Ipsos para a ampliação do conhecimento dos  hábitos de consumo, comportamento e mídia para mais de 300 categorias de produtos e serviços do torcedor atleticano. O instituto realiza, há dez anos, um mapeamento do time dos torcedores e dos hábitos de consumo dessas pessoas. Esses dados passarão a ser oferecidos para o Atlético.

“O impacto de vendas junto aos torcedores do Galo tende a aumentar. Todo o recall e exposição de marca ajudam muito nas vendas dos nossos parceiros, mas quisemos ir além e oferecê-los esta solução única e pioneira”, disse Pedro Melo, gerente de marketing do Atlético, a respeito da nova solução.

Segundo Diego Pagura, CEO da Ipsos Connect, os estudos poderão auxiliar o clube na busca por novos patrocinadores a partir do momento em que eles fornecem informações assertivas sobre o tipo de produto que o atleticano consome.

“Por meio do nosso estudo, uma instituição financeira, por exemplo, saberá quantos torcedores do Galo são correntistas ou têm seguro de auto, vida ou residência, e com qual empresa. Também é possível conhecer seus hábitos de lazer e consumo na grande Belo Horizonte, perfil demográfico, etc., permitindo, assim, um marketing direcionado, muito mais assertivo, e capitalizando ao máximo o potencial de vendas junto ao torcedor atleticano”, afirmou o executivo.

As primeiras informações para os atuais patrocinadores do Atlético deverão estar disponíveis a partir de 1° de junho. A ideia do clube é de compartilhar com eles os dados e, assim, permitir a definição de estratégias e abordagens. Atualmente o Atlético conta com 13 parceiros comerciais, entre patrocinadores e apoiadores.

A parceria entre clube e instituto foi costurada pela agência Elos Sports Marketing, que tem como sócio Rodrigo Geammal, ex-marketing do Palmeiras.

“Ao conhecer o estudo de hábitos de consumo da Ipsos pensei que era a chance de mudar o formato de fazer patrocínio no esporte e, principalmente, no futebol. Esta combinação de inteligência de informação para elaboração de estratégias personalizadas irá transformar o marketing do Atlético”, afirmou Geammal.


Notícia Atlético Mineiro Ipsos Marketing