O Atlético Mineiro terá seu próprio estádio. O clube não precisou esperar até o fim da votação para chegar aos 260 votos necessários para a aprovação da Arena MRV, que começará a ser construída em 2018.

Um dos empasses para a aprovação do projeto é que o clube arcaria com parte da arena com a venda de 50% do shopping Diamond Mall, construído em terreno do time em Belo Horizonte. A venda deve levantar a quantia de R$ 250 milhões, mais da metade do custo total do estádio.

Como hoje o local representa uma receita fixa ao clube, não havia unanimidade sobre a negociação. Sobre o fato, o ex-presidente do Atlético, Alexandre Kalil, deu uma declaração curiosa: “Se shopping fosse bom, Barcelona e Real Madrid tinham quatro, cinco”.

O dirigente, hoje prefeito de Belo Horizonte, de um dos votos finais para a aprovação do estádio, já no início de tarde desta segunda-feira (18). A decisão gerou festa na sede do Atlético, com torcedores cantando ao redor e com queima de fogos.

Além dos R$ 250 milhões oriundos da venda do shopping, o clube mineiro contará com a doação da MRV de um terreno avaliado em R$ 50 milhões. Além disso, a construtora pagará R$ 60 milhões pelos naming rights da futura arena, durante dez anos.

Com capacidade para quase 42 mil pessoas, a Arena MRV será construída no bairro Califórnia, em Belo Horizonte. A obra está orçada em R$ 410 milhões. 


Notícia Atlético Mineiro MRV Arena

Número do dia

30 milhões

de dólares deve investir o governo argentino para capacitar o autódromo de Buenos Aires para poder receber uma prova da Fórmula 1.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Santos faz ação inteligente e usa Dodô errado para anunciar Dodô certo
2Sem Rio Open, Asics recorre a emboscada no evento
3Barcelona acredita em 1 bilhão de euros em receitas antes de 2021
4Novo contrato entre Ferrari e Philip Morris quer “um mundo livre do fumo”
5Argentina negocia para voltar a receber Fórmula 1 em 2019
6Corinthians amplia contrato com a Nike até 2029
7Bayern de Munique substitui parceria com Lufthansa por Qatar Airways
8Empresa de bebidas energéticas pode comprar Force India, da F1
9Patrocinadores diversificam ativações no Rio Open
10Adidas põe 3 listras em 6 das 10 camisas mais vendidas do futebol