Griezmann, durante jogo da Liga dos Campeões

O Atlético de Madrid entrou em acordo com a família Payán e está a um passo de garantir a compra do Atlético San Luis, sua futura franquia no México. Agora, o clube espanhol terá que obter licença da federação mexicana, fazer um acordo com os acionistas do clube e elaborar uma fórmula para a exploração do estádio.

O Atlético San Luis hoje disputa a Liga Ascenso, equivalente à segunda divisão mexicana. A equipe espanhola justifica o investimento pois considera “muito importante” dentro do projeto de expansão da marca, contar com um time no México. O Atlético de Madrid já conta com uma filial na Índia, o Atlético Kolkata. Em 2016, o clube comprou 35% das ações do Lens, que disputa a Ligue-2 (segunda divisão) da França.

No início de março, o Atlético de Madrid aprovou a criação de uma sociedade para gerir suas participações em clubes estrangeiros responsável por “simplificar e unificar as gestões”. A ideia é que essa junta seja a responsável por configurar os departamentos administrativos, a formação de técnicos e a rede de olheiros.

Com o acordo com o Atlético San Luis praticamente certo, o Atlético de Madrid não descarta novas aquisições ou participações em outros países. 


Notícia Atlético de Madrid Atlético de Madrid Atlético San Luis Franquia Negócios

Número do dia

R$ 151 mi

Faturou o Palmeiras nos quatro primeiros meses deste ano; valor é R$ 39,5 milhões maior em relação a 2016.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Dono do Manchester City negocia compra time na Espanha
2Flamengo atinge metas e tenta rentabilizar redes
3Com naming right, G League tem aumento de 4 times na próxima temporada
4Globo tem melhor início de Brasileiro em mais de uma década
5Donos põem Fiorentina à venda
6Schalke 04 deixa Adidas e assina com Umbro
7Copa das Confederações perde audiência no fim de semana
8Allianz Parque terá descida de rapel da cobertura ao gramado
9Análise: Rede deve gerar mais entrega do que receita aos clubes
10Coritiba veta estádio, e Atlético sofre com evento