Não há muita dúvida: tecnicamente, a bola irá sofrer na Copa do Mundo com 48 times, pelo menos na fase de grupos. Mas, mais do que uma valorização financeira em curto prazo, o futebol tem a ganhar de maneira geral.

A verdade é que a Copa do Mundo atual, mesmo bastante inchada, ainda é um clube seleto. Países grandes e ricos têm problemas para chegar nela. E, sem estar presente, o desenvolvimento do esporte nesses países fica bastante prejudicado.

Em termos de comparação, seria como pensar no crescimento do vôlei no Brasil sem a participação do país nos Jogos Olímpicos, especialmente nos anos 1980. Dificilmente ele seria o que é hoje no país. 

Caso a estratégia dê certo, a Copa do Mundo poderá ser prejudicada, mas todas as outras competições serão engrandecidas. Desde a Liga dos Campeões, com os olhos ainda mais atentos do mundo, até as ligas regionais, de países emergentes na bola.

Vale a lembrança que, apesar de ser o esporte mais popular do mundo, o futebol ainda é preterido em países como China, Índia, Japão, Venezuela, Austrália entre outros. Isso sem considerar Estados Unidos e Canadá. Aliás, China, Estados Unidos e Japão são os três maiores PIBs do mundo.    

Para nós, amantes do futebol, pode parecer uma iniciativa desastrosa. Mas talvez nossos filhos e netos venham a aproveitar um mundo ainda mais boleiro do que é hoje. E pensar nisso é também função da Fifa.


Notícia Copa do Mundo Fifa

Número do dia

R$ 151 mi

Faturou o Palmeiras nos quatro primeiros meses deste ano; valor é R$ 39,5 milhões maior em relação a 2016.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Poty expande contrato e coloca água no São Paulo
2Cinemark exibe Copa do Brasil nos cinemas
3Europeus abrem uniformes e ganham novas marcas
4Após ação com torcedores, Adidas lança 3º uniforme de clubes
5Nike apresenta uniformes para nova temporada da NBA
6Internacional faz enquete para nomear sócio-torcedor popular
7Palmeiras gera nova alta na audiência da Globo
8Em novo clássico nacional, Globo mantém alta no Ibope
9Grêmio fecha com rede de lojas parceira da Apple
10Juventus oficializa patrocínio na barra da camisa