Nenhuma entidade esportiva foi mais atingida pelos escândalos de corrupção da Fifa do que a Conmebol. Nem a própria Fifa. Desde 2013, a Confederação Sul-Americana de Futebol teve três de seus cinco presidentes presos.

O paraguaio Nicolás Leoz, que reinou na entidade por 27 anos, teve que renunciar por receber propina. A partir daí todos os presidentes da Conmebol completaram apenas um ano de mandato. Eugenio Figueredo cumpre prisão domiciliar por lavagem de dinheiro. Juan Ángel Napout, seu sucessor, foi extraditado para os Estados Unidos e também segue preso em casa.

Por ora, apenas Wilmar Valdez, que cumpriu um mandato tampão, e Alejandro Dominguez, o atual presidente, não têm problemas com a Justiça.

Mas criar uma percepção de mudança na Conmebol vai muito além de terminar o mandato. Dominguez tem desafios imensos. Enquanto a América do Sul se viu parada no tempo, a Uefa tornou a Liga dos Campeões um evento relevante e de interesse global para fãs e marcas.

A Conmebol, por sua vez, ainda não tomou medidas eficazes para combater problemas como  falta de segurança, racismo ou condições mínimas de jogo.

Times medíocres ainda usam a altitude como arma. Recentemente, o Palmeiras teve que levar um exército de seguranças para garantir a integridade física de seu elenco.

Há dois anos, a Conmebol pôs panos quentes na punição ao Boca, após um torcedor atacar atletas do River Plate com spray de pimenta.

Para efetivamente se tornar atraente ao mercado, não basta mudar o logo. Adotar medidas rígidas, que promovam um torneio em que de fato o melhor time seja campeão, já seria o primeiro passo.


Notícia Conmebol Alejandro Dominguez Gestão

Número do dia

R$ 151 mi

Faturou o Palmeiras nos quatro primeiros meses deste ano; valor é R$ 39,5 milhões maior em relação a 2016.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Dono do Manchester City negocia compra time na Espanha
2Flamengo atinge metas e tenta rentabilizar redes
3Com naming right, G League tem aumento de 4 times na próxima temporada
4Globo tem melhor início de Brasileiro em mais de uma década
5Donos põem Fiorentina à venda
6Schalke 04 deixa Adidas e assina com Umbro
7Copa das Confederações perde audiência no fim de semana
8Allianz Parque terá descida de rapel da cobertura ao gramado
9Análise: Rede deve gerar mais entrega do que receita aos clubes
10Coritiba veta estádio, e Atlético sofre com evento