O Barcelona de Messi e Neymar é a camisa mais vendida do mundo

A Adidas é a grande vencedora da relação das camisas mais vendidas nesta temporada feita pela agência Euromericas. A fábrica alemã coloca as três listras nas mangas de seis dos dez times da relação: Bayern de Munique, Chelsea, Manchester United, Real Madrid, Juventus e Milan.

A arquirrival Nike conta com apenas três clubes no top ten: Barcelona, PSG e Atlético de Madrid. Em compensação, é o time da Catalunha que lidera a relação, tendo negociado 3,6 milhões de uniformes na atual temporada.

Os demais campeões de vendas da empresa norte-americana são o PSG, campeão francês, com 2,2 milhões de unidades vendidas, e o Atlético de Madrid, finalista da Liga dos Campeões, com 1,977 milhões e camisas comercializadas no mundo.

Após sofrer perdas importantes em 2014, como as camisas de Manchester United e Juventus (para a Adidas) e Arsenal (para a Puma), a Nike voltou ao ataque no final desta temporada. O Chelsea, terceiro clube que mais vendeu camisas no ano, deve oficializar, nos próximos dias, contrato com a empresa da deusa da vitória.

 

Fonte: agência Euromericas

 

Absoluto no mercado da Alemanha, onde vende mais camisas do que as demais 17 equipes da primeira divisão somadas, o Bayern de Munique é o campeão de vendas da Adidas. Nesta temporada, foram mais de 3,3 milhões de unidades de sua camisa vendidas no mundo, mesmo o time tendo sido eliminado na semifinal da Liga dos Campeões.

A única empresa que conseguiu furar o bloqueio de Nike e Adidas é a Puma, parceira do Arsenal. O vice-campeão da Premier League ocupa a sétima posição do ranking, com mais de 2 milhões de camisas vendidas. Entre os clubes ingleses, o time da zona norte de Londres está atrás apenas de Chelsea, terceiro colocado, e Manchester United, em quarto. 


Notícia Barcelona Adidas Nike Camisas Mais Vendidas Barcelona Euromericas

Número do dia

206 milhões

De reais é a renda bruta de bilheteria da Arena Corinthians desde a sua inauguração, antes da Copa de 2014.

Autoline

Patrocinado por



Boletim
Capa Boletim Boletim Máquina do Esporte

Receba o Boletim Máquina do Esporte por email

Cadastre-se Agora

Mais lidas

1Com Corinthians, Spotify esquenta briga entre aplicativos
2Mesmo com estatuto, São Paulo tem novo escândalo
3Coritiba fecha patrocínio pontual com empresa de impressão
4Cambuci, dona da Penalty, tem prejuízo de R$ 5,9 milhões em três meses
5Com investidores, Michael Jordan e Derek Jeter compram Miami Marlins
6Clássico eleva audiência da Copa do Brasil no Rio
7Análise: Conhecer o cliente é a próxima tarefa dos clubes no Brasil
8Mayweather cobrará 25 milhões de dólares por uso de espaço em suas roupas
9Messi e Suárez são armas de Argentina e Uruguai para sediarem Mundial de 2030
10Estados Unidos apresenta lista de 49 estádios para sediar Copa 2026